ARIPUANÃ, Segunda-feira, 15/07/2024 -

NOTÍCIA

MT "ganhará" mais 3 deputados estaduais e 1 federal em 2027

AL terá sete parlamentares e bancada federal nove

Data: Segunda-feira, 08/07/2024 09:59
Fonte: FOLHAMAX/ BRENDA CLOSS

Com a divulgação do Censo Demográfico 2022 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o número de cadeiras na Assembleia Legislativa de Mato Grosso (ALMT) e da bancada federal irá subir devido ao aumento da população do Estado que agora conta com pouco mais de 3,6 milhões de pessoas.

A partir de 2026, os matogrossenses terão que votar em 27 deputados estaduais e nove federais. A ALMT aguarda a aprovação da lei por parte do Congresso Nacional, que tem até 30 de junho de 2025 para aprovar o projeto e atualizar a distribuição do número de cadeiras na Câmara dos Deputados com base na contagem da população de cada unidade da federação do Censo do IBGE de 2022, conforme determinado, por unanimidade, pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

"O Tribunal Superior Eleitoral confirmou que Mato Grosso ultrapassou o número de habitantes para ter direito a mais uma vaga na Câmara Federal. É automático, é o TSE que define. Alguns estados perderão vaga e outros estados que aumentarão a população ganharão vaga", explicou o deputado Júlio Campos (UB) à imprensa nesta quarta-feira (03).

De acordo com a Constituição, o número de vagas no legislativo estadual tem relação direta com o tamanho da bancada do estado na Câmara dos Deputados e foi definido que o mínimo é de oito representantes e o máximo de 70 deputados por unidade da federação.

De acordo com o censo, Mato Grosso possui 3.658.813 milhões de habitantes, um aumento de 20,55% em relação aos dados de 2010. Foi o terceiro estado que mais cresceu no Brasil, ficando atrás de Roraima (41,25%) e Santa Catarina (21,78%). Com isso, a unidade federativa irá ganhar uma vaga a mais na Câmara Federal.