ARIPUANÃ, Domingo, 16/06/2024 -

NOTÍCIA

Qualificação profissional abre portas no mercado de trabalho para moradores de Aripuanã

Nexa contratou 85% dos concluintes da 1ª turma do curso de Técnico em Mineração no município. Capacitação foi ofertada numa parceria entre a empresa e o SENAI.

Data: Sábado, 18/05/2024 08:43
Fonte: Da Assessoria

Uma chance de ingressar no mercado de trabalho. É assim que muitos jovens e adultos encaram os cursos de qualificação oferecidos pelo Programa de Aprendizagem da Nexa, em parceria com o Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial (SENAI), em Aripuanã, no Mato Grosso.

Pela primeira vez, a empresa ofertou o curso de Técnico em Mineração no Estado. A turma começou ainda no ano passado. Foram 13 inscritos, sendo 9 mulheres e 4 homens. Após meses de dedicação, a formatura ocorreu num evento realizado neste mês, mas a comemoração foi bem além do recebimento do tão sonhado certificado. Dos 13 participantes da capacitação, 11 já foram efetivados no quadro de colaboradores da empresa, representando um índice de 85% de aproveitamento da mão de obra recém-formada.

Cintia Corrêa, de 21 anos, ficou sabendo da oportunidade de qualificação por meio de uma amiga. Ela procurou informações e conseguiu fazer a capacitação em um momento delicado da vida dela. Fez o curso e foi contratada pela Nexa. "Eu não fazia ideia do que era mineração, mas depois do curso posso dizer que amo essa área. Agora tenho uma visão muito melhor desse trabalho. Tem uma frase que usamos internamente: 'nós não escolhemos a mineração, a mineração que nos escolheu'. Isso é uma verdade. Estou feliz em ter sido efetivada na operação do beneficiamento (moagem) e quero me profissionalizar ainda mais nesse setor", contou.

O jovem Railan Sousa também viu no curso uma chance de ingressar no mercado de trabalho, mesmo sem entender muito sobre o setor mineral. Ele conta que a formação durou um ano e quatro meses e, antes mesmo da formatura, a recompensa pela dedicação nas aulas chegou: foi efetivado como técnico em mineração da Nexa, na unidade de Aripuanã, sua terra natal.

"Antes de iniciar meu curso, eu nunca pensei em trabalhar na área da mineração, eu não tinha conhecimento algum, mas hoje em dia penso diferente e estou amando trabalhar nesse setor. Meus objetivos são contribuir com a empresa, estudar cada vez mais, estar sempre aprendendo e ter um pouco mais de conhecimento a cada dia", destacou Railan.

Histórico de oportunidades - Em Aripuanã, a primeira parte do Programa de Qualificação local começou ainda em 2019. A partir de 2021, foi iniciado o Programa de Aprendizagem. Essa foi a 3ª turma qualificada, mas a 1ª de nível técnico em mineração do Mato Grosso. A Nexa já colaborou para a formação de mais de 600 moradores locais, divididos em 47 turmas de cursos de qualificação e técnicos.

Desde 2019, segundo Eliábia Cassimiro Silva, da área de Desenvolvimento Humano e Organizacional (DHO) da empresa, esse foi o melhor índice de aproveitamento interno e o menor índice de evasão. “O objetivo da qualificação local e da aprendizagem não é apenas formar pessoas ou desenvolver o negócio, vai além, é um legado para o município e tem um impacto pessoal na vida e na família de cada formando. A educação transforma vidas. E por isso, a Nexa mantém esse compromisso de impactar positivamente na vida dos moradores dos locais onde a empresa está presente”, afirma Eliábia.

Com 61 alunos em sala de aula, outras turmas de formação técnica estão em andamento em Aripuanã, nas áreas de Eletrotécnica, Eletromecânica e Mineração. Ainda este ano, a Nexa pretende ofertar 90 vagas para os cursos de qualificação nas áreas de Instrumentação e Automação, Laboratório e Manutenção de Equipamentos Móveis.

Atualmente, 60% da mão de obra da Nexa em Aripuanã é composta por profissionais locais. Nesta unidade, a empresa tem produção anual estimada de 70 mil toneladas de zinco, 24 mil toneladas de chumbo, 4 mil toneladas de cobre e 1,3 milhão de onças de prata.