ARIPUANÃ, Domingo, 16/06/2024 -

NOTÍCIA

Elefanta Lady morre em santuário de Chapada aos 56 anos

Data: Sexta-feira, 17/05/2024 09:26
Fonte: GAZETA DIGITAL/ Aline Costa

A elefanta regatada Lady morreu, na quinta-feira (16), no Santuário de Elefantes do Brasil (SEB), localizado em Chapada dos Guimarães (67 km ao Norte de Cuiabá). Os cuidadores, ofereceram a ela uma morte tranquila, com eutanásia, após o animal deitar e não conseguir mais se levantar. Estima-se que Lady tinha 56 anos.

Lady vivia no local desde novembro de 2019, após passar 40 anos como animal de circo. Do picadeiro, ela foi para um zoológico e depois transferida para Chapada. No santuário, foram identificados vários problemas de saúde em suas patas, nas articulações e um abcesso, uma bolsa de pus, nas bochechas. Todos os problemas recebiam tratamentos e, de acordo com o santuário, ela fazia uso constante de analgésicos.

A elefanta encontrava-se deitada desde terça-feira (14) e tinha um histórico de crise inflamatória identificada há 6 meses. Em seus últimos dias, estava tão debilitada que, ao ser alimentada, “esquecia” os alimentos em sua boca até que adormecesse sem mastigar e engolir.

O santuário ficou com Lady por 4 anos e, em nota, explicou que parecia que o próprio animal não gostaria mais de prosseguir com sua vida. “Sua força e determinação fizeram dela uma grande professora para todos nós. Ela sempre parecia saber o que queria e parecia a todos nós que ela estava pronta para se libertar da dor com a qual conviveu por tanto tempo”.

O comunicado da morte foi publicado nas redes sociais do SEB.

O Santuário
O Santuário de Elefantes é o primeiro na América Latina. Localizado em Chapada dos Guimarães, foi inaugurado em outubro 2016, com aproximadamente 1200 hectares. O principal objetivo é resgatar elefantes que vivem em condições impróprias para a espécie e dar a eles dignidade.

Hoje, 5 animais vivem lá: Bambi, Maia, Mara, Guilhermina e Rana. Cada um deles recebe um tratamento individual em que os cuidadores levam em conta o histórico de cada um deles, que geralmente de maus-tratos.

O Santuário é um espaço voltado exclusivamente para os animais recuperarem sua saúde física e emocional e não é um zoológico criado para entretenimento humano. As visitas ao local são proibidas.

Lady é a quarta elefanta que morre no santuário. As outras três morreram em 2019 e 2022. De acordo com o site da Instituição, existem mais dois animais esperando um espaço, mas ainda não foram divulgadas informações de que agora estejam prontos para receber mais um.