ARIPUANÃ, Terça-feira, 27/02/2024 -

NOTÍCIA

Lázaro veste camisa do Palmeiras e prevê ano de sucesso: 'Obcecado em fazer gols'

Data: Sexta-feira, 09/02/2024 20:36
Fonte: ESTADÃO CONTEÚDO
Divulgação / Almería

O Palmeiras apresentou o atacante Lázaro nesta sexta-feira, para brigar pela posição de centroavante, mas também com opção de escalação nas pontas. O versátil jogador ganhou a camisa 17, que foi de Matias Viña e vago desde a saída de Giovane, e chegou prevendo “um grande ano.” Confiante em brilhar na equipe, revelou-se “obcecado em fazer gols.”

Contratado do Almeria, da Espanha, o jovem de 21 anos revelado pelo Flamengo assinou por um ano, por empréstimo, com possibilidade de ampliação até o Mundial de Clubes de 2025 e com valor de compra estipulado. Apesar de se colocar à disposição para todas as posições ofensivas, Lázaro deixou claro que atuar como homem-gol do Palmeiras é sua preferência.

“O que mais me fascina é fazer gols. Muito, muito. Sou obcecado em fazer gols desde pequeno, coisa que carrego comigo. Se puder fazer em todo jogo, 5, 10, quero fazer. Óbvio, ajudando também, dando assistência ou na marcação, dando carrinho. Mas com gol e vitória é melhor”, afirmou, sem segurar o sorriso.

 

Mesmo se considerando um artilheiro, ele chega sob pressão de estar há 16 jogos sem marcar, algo que, ainda nas categorias de base, o irritava muito. “Foi uma coisa que aprendi a me controlar bem após subir ao profissional. Na base, com dois, três jogos sem marcar já ficava maluco comigo. Tem de ter calma, tranquilidade. Futebol tem de ter boa mentalidade e confiança. Na Espanha (a atual temporada) não foi das melhores, mas independentemente de estar 100, 50, 30, 20 jogos sem marcar, vou sempre olhar para o trabalho, que ninguém vê no dia a dia. Naturalmente os gols vão aparecer. Se Deus quiser que venham muitos gols aqui.”

Lázaro não escondeu que sempre sonhou em atuar na Europa, mas teve de explicar que a volta ao Brasil não foi um retrocesso. Ainda disse sonhar em voltar à seleção brasileira - apareceu ao anotar o gol do título no Mundial sub-17. Entre as metas, espera disputar os Jogos Olímpicos. O Brasil definirá a classificação para Paris-2024 neste domingo.

“Meu período na Europa foi, para mim particularmente, bom. Aprendi e amadureci bastante no Almeria e sou grato a todos. Sou bastante versátil, costumo de adaptar bem de ponta direita, esquerda, meia-atacante ou até de centroavante. O importante é estar aqui para ajudar a família Palmeiras e que o ano seja abençoado, que seja uma temporada incrível, de títulos e conquistas individuais para todos”, afirmou.

“Meu período lá foi de aprendizado, melhorei bastante também na marcação. Me sinto mais preparado, fisicamente também. Desde novo sempre tive sonho de jogar na Europa e graças a Deus consegui realizar esse sonho. Claro que poderia ser jogando mais, mas peguei três trocas de treinadores e isso atrapalha um pouco na hora da adaptação ao esquema. Sou grato, mas quando surgiu a proposta de um gigante, que está sempre brigando por quase tudo, então foi momento que falei: “não tem como recusar”. Não é passo para trás, é um passo grande”, enfatizou.

Marcar gols, ganhar títulos e se destacar no Palmeiras servirão para ser adquirido em definitivo e também para voltar a defender o País, em sua visão. “Um dos objetivos nesta temporada é de ir para a seleção, na olimpíada, todo jovem tem esse sonho e nada melhor que voltar ao Brasil, a um grande como o Palmeiras, para realizar esse sonho.”