ARIPUANÃ, Terça-feira, 27/02/2024 -

NOTÍCIA

Mauro define 53 mil procedimentos em hospital de Nova Mutum para pacientes de MT

Data: Terça-feira, 06/02/2024 20:59
Fonte: Só Notícias

O governador Mauro Mendes confirmou, esta tarde, que o Estado contratou 150 leitos, sendo 50 de UTI, e diversos serviços de média e alta complexidades no Hospital Regional Hilda Strenger Ribeiro, do Instituto São Lucas, em Nova Mutum e destinará cerca de R$ 98 milhões para fazer cerca de 4,4 mil procedimentos por mês, totalizando 53.484 procedimentos por ano. “A partir da compra deste pacote de serviços, mais de 80% dos atendimentos deste hospital serão via SUS. Agora o Sistema de Regulação de Mato Grosso vai encaminhar pacientes para serem atendidos no Hospital Regional Hilda Strenger Ribeiro. Essa modalidade de compra de serviços é importante porque custa menos ao poder público e segue o princípio da eficiência, em que fazemos mais com menos gasto e mais resultados à população”, afirmou Mauro Mendes. 

O contrato firmado tem validade de um ano e possui avaliações trimestrais de metas estabelecidas. Conforme acordado, o hospital será referência 24h, tanto para procedimentos ambulatoriais quanto hospitalares, de média e alta complexidade e urgência e emergência. Serão ofertados no local as cirurgias vasculares, neurocirurgia, cirurgia geral (adulto e pediátrica), bucomaxilofacial, traumatortopedia, cirurgia bariátrica, cirurgia cardiovascular (marcapasso), cardiologia intervencionista, cirurgia oncológica e cirurgia do aparelho da visão. O contrato também prevê procedimentos de média e alta complexidade do Serviços de Apoio Diagnóstico e Terapêutico (SADT), que inclui laboratório clínico, coleta de material, anatomopatológico e citopatológico, ultrassonografia, radiologia, endoscopia, métodos diagnósticos em especialidades, procedimentos clínicos, procedimentos cirúrgicos, tomografia, ressonância magnética e cateterismo cardíaco.

O secretário de Saúde, Gilberto Figueiredo, acrescentou que a assinatura da ordem de serviço representa, na prática, a disponibilização do hospital para atender aos usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) em Mato Grosso. “O hospital tem 198 leitos e 150 estão sendo contratados. A partir deste investimento, surge um novo Hospital Regional público, porque a capacidade dele nos permite dizer que é o terceiro maior hospital que temos hoje, dentre os que são geridos pela secretaria de Saúde. Estamos contratualizando um serviço privado de alta qualidade que será prestado pelo SUS aos mato-grossenses”, diz o secretário de Estado de Saúde, Gilberto Figueiredo.

O presidente do Consórcio Público de Saúde Vale do Teles Pires, o prefeito de Itanhangá, Edu Pascoski, conta que este é um sonho realizado para os 15 municípios da região. “Os novos leitos e serviços são avanços para a região. Estamos sonhando com isso há alguns anos. Parabenizo o governador Mauro Mendes, o vice-governador Otaviano Pivetta e o secretário Gilberto por esse investimento. Isso demonstra que a aplicação correta do recurso otimiza os gastos e faz com que a população que precisa do serviço seja assistida”, destacou.  

Participaram da cerimônia de assinatura do contrato o vice-governador Otaviano Pivetta, os prefeitos Hermerson Máximo, de Colíder, Eliene Liberato, de Cáceres, João Cleiton, de Canabrava do Norte, os deputados estaduais Gilberto Cattani, Max Russi, Beto Dois a Um, Dilmar Dal Bosco e Fábio Tardin, os secretários da Casa Civil, Fabio Garcia, de Comunicação, Laice Souza, de Segurança Pública, César Roveri, além dos secretários adjuntos de Atenção e Vigilância em Saúde, Juliano Melo.