ARIPUANÃ, Segunda-feira, 18/10/2021 -

NOTÍCIA

Horto dispõe de medicina natural e terapias integrativas grátis

Data: Quinta-feira, 14/10/2021 09:10
Fonte: GAZETA DIGITAL/ Jessica Bachega
Foto: João Vieira- Canteiros de ervas medicinais

Com 68 anos de fundação, o Horto Florestal de Cuiabá oferece muito mais que um passeio em meio à vegetação nativa. O espaço disponibiliza educação ambiental e serviços de saúde a toda a comunidade, além de ser um amplo local de lazer para as famílias.

 

O horto foi fundado em 1953 e conta com área de 15 hectares à margem esquerda do rio Coxipó. Ali são cultivadas mudas de árvores nativas e plantas medicinais doadas à população. Também tem espaço de pesquisa e laboratório para fabricação de chás.

O farmacêutico Devanil Fernandes é responsável pelos serviços de saúde no horto. Com ajuda de engenheiro agrônomo e outros servidores, ele cuida dos canteiros com mais de 20 ervas medicinais cultivadas de forma orgânica.

Ele também cuida da secagem das plantas, que são ensacadas e entregues aos pacientes atendidos no consultório montado no local.

O profissional explica que as terapias integrativas oferecidas no local são todas contempladas pelo Ministério da Saúde e disponibilizadas pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

Ao todo são 29 terapias na lista do SUS: apiterapia, aromaterapia, bioenergética, constelação familiar, cromoterapia, geoterapia, hipnoterapia, imposição de mãos, ozonioterapia, terapia de florais, ayurveda, homeopatia, medicina tradicional chinesa, medicina antroposófica, plantas medicinais/fitoterapia, arteterapia, biodança, dança circular, meditação, musicoterapia, naturopatia, osteopatia, quiropraxia, reflexoterapia, reiki, shantala, terapia comunitária integrativa, termalismo social/crenoterapia e yoga.

“A pessoa pode consultar no posto de saúde e pedir encaminhamento para essas terapias, mas também pode ligar aqui e agendar direto, basta trazer o cartão do SUS”, conta o farmacêutico.

 

Horto Florestal / Plantas terapias Remédios / Homeopatia

 Produção de chás

O carro chefe no momento está sendo a doação de ervas medicinas, orientação de uso, preparo e dosagem de chás. As plantas são remédios e os chás são indicados para aquelas pessoas que querem reduzir o uso de medicação industrializada.

“Ela vem aqui e eu oriento como cuidar da planta. Se ela não pode cultivar, damos o chá seco com toda a recomendação de preparo e quantidade a ser tomada. Se preparar errado, o chá pode perder as propriedades ou se tornar veneno”, conta.

Os atendimentos no consultório natural ocorrem às quintas-feiras, o dia todo. As demais terapias são em dias e horários diferentes. É preciso ligar a agendar a consulta e as demais práticas pelo telefone (65) 3665 24 20.

O local também é aberto ao público para caminhadas, passeios em famílias e vistas para conhecer a flora local. Guias ficam disponíveis para orientar o público. Grupos maiores, como escolares, precisam marcar pelo telefone (65) 9213-3149.

Além da Secretaria Municipal de Saúde (SMS), a Secretaria de Meio Ambiente e Empresa Cuiabana de Limpeza Urbana (Limpubr) têm serviços no local.

A Limpurb é responsável pelo cultivo de mudas nativas, que são doadas à população. Porém, na pandemia, as entregas foram suspensas pois os servidores estavam em teletrabalho.

A entidade estuda retomada das doações nas próximas semanas, conforme informou por meio de nota.

Confira nora na íntegra:

Em relação a distribuição de mudas no Horto Florestal, a Empresa Cuiabana de Zeladoria e Serviços Urbanos (Limpurb) informa que:

- A atividade foi suspensa, temporariamente, por conta do decreto municipal que determinava regime de trabalho home office para um grupo de servidores.

- Todavia, nesta semana, o Decreto nº 8.657 estabeleceu que os servidores públicos municipais, que já tenham sido imunizados contra a COVID-19, respeitada os 15 (quinze) dias contados do recebimento da segunda dose, exercerão suas atividades de forma presencial, de acordo com a sistemática de trabalho a ser estabelecida pelo secretário de cada pasta.

- Dessa forma, a Limpurb já avalia a retomada da atividade nas próximas semanas, seguindo as medidas de biossegurança necessárias.

- Destaca que, durante o funcionamento da atividade, cada cidadão por ir até o local e faze a retirada de duas mudas de espécies frutíferas ou exóticas, conforme sua preferência.

- Enfatiza ainda que, nos últimos 4 anos, foram mais de 800 mil mudas produzidas no local para distribuição à população, entidades, e também para uso em ações de arborização da própria Prefeitura de Cuiabá.