ARIPUANÃ, Sábado, 16/01/2021 -

NOTÍCIA

Homem é baleado na cabeça em tentativa de execução em Aripuanã

Os suspeitos alegaram que a vítima tentou violentar uma menor de idade e constantemente ameaçava a esposa.

Data: Quarta-feira, 13/01/2021 21:45
Fonte: Por: MAURILIO JR./ Repórter em Ação
A Polícia Militar registrou na manhã de hoje (13) em Aripuanã mais um crime de homicídio tentado, em que a vítima Márcio José da Silva, de 46 anos, tendo mãos e pés amarados por dois suspeitos, foi levado até uma zona de mata e lá alvejado na cabeça e costas.
 
O crime foi registrado no início da madrugada de quarta-feira (13), mas só veio a conhecimento das autoridades no período da manhã, por volta das 9 horas, quando o filho da vítima comunicou uma guarnição policial.
 
O jovem de 23 anos relatou que foi abordado por dois suspeitos em um Fiat/Uno, que um deles, armado, rendeu o mesmo e após o amarrar solicitou que os levasse onde estava o pai do mesmo.
 
O jovem levou os dois suspeitos até a residência onde o pai estava e lá, este também foi rendido e amarrado, e posteriormente, ambos levados até a estrada da salvação, a cerca de 7 km da cidade.
 
Segundo a testemunha esta foi mantida no carro enquanto os suspeitos levavam a vítima, Márcio José, por um matagal próximo de um rio, ouvindo em seguida diversos disparos de arma de fogo. Após o crime a testemunha foi deixada na cidade pela dupla.
 
Diante da narrativa a guarnição foi ao local indicado, encontrando a vítima com diversas perfurações na cabeça e nas costas, mas ainda viva, sendo solicitado apoio do Samu, que o encaminhou ao Hospital Municipal de Aripuanã.
 
Diante das características do veículo e dos suspeitos rapidamente a guarnição conseguiu localizar os mesmos num bar, e que ao avistaram a guarnição empreenderam fuga, no entanto, o suspeito de L.A, de 26 anos, acabou preso.
 
Horas depois a guarnição conseguiu prender o outro suspeito, um adolescente de 17 anos, que indicou o local onde estaria a arma de fogo usada no crime.
 
Motivação
A dupla alegou que o crime foi motivado em parte pelo fato de Márcio José da Silva constantemente trair sua esposa, ameaça-lá, e por tentar violentar uma menor de idade, ao qual também ameaçava.
 
Segundo ainda a dupla, os mesmos decidiram por iniciativa própria matar a vítima.
 
Suspeitos
Com os suspeitos foi localizado produtos furtados de um caminhão no dia 11 de janeiro. O suspeito L.A já possui passagem pela polícia e estava com tornozeleira eletrônica no momento de sua prisão.
 
Providências
 
A dupla foi encaminhada à delegacia, bem como o veículo usado na ação e a arma de fogo, além dos produtos furtados recuperados.