ARIPUANÃ, Sábado, 16/01/2021 -

NOTÍCIA

Prefeito Paulo Veronese lamenta fechamento da JBS de Juína

Data: Quinta-feira, 07/01/2021 15:33
Fonte: JUÍNA NEWS

No início dessa semana uma triste notícia pegou a população juinense de surpresa, que foi o fechamento da empresa que opera no ramo frigorífico JBS, extinguindo aproximadamente 300 empregos.

O prefeito da cidade de Juína, Paulo Augusto Veronese falou com a imprensa sobre o fechamento da empresa. Segundo o gestor, a ordem partiu de uma decisão central da empresa que chegou a cidade de Juína através de um representante, que ao fazer o fechamento da unidade no município possibilitou a remoção dos trabalhadores para uma outra unidade da empresa que opera na cidade de Brasnorte.

Além da crise mundial causada pela pandemia do Covid-19, o prefeito Paulo Veronese lamentou o encerramento das atividades da empresa na cidade de Juína, e ressaltou que pretendo criar projetos de geração de novos empregos, e disse ainda que durante o ano de 2020 a empresa já vinha sinalizando uma pausa, onde reduziu o número de funcionários ficando com uma produção pequena, e por possuir duas unidades próximas a Juína que são em Juara e Brasnorte, a empresa JBS optou por trabalhar onde a rentabilidade fosse maior, a fim de obter um retorno maior.

Segundo o prefeito Paulo Veronese, ainda não se pode fazer uma avaliação do impacto que o fechamento da empresa acarretará para a cidade de Juína, que além de afetar os trabalhadores, também afetará os pecuaristas que mesmo com a opção de vender seus rebanhos para a mesma empresa, sofrerão alguns prejuízos, porém durante a semana um estudo será realizado pela equipe do poder executivo para se obter uma melhor análise sobre o impacto financeiro que causará ao município.

Questionado sobre o terreno da construção predial é de propriedade do município, o prefeito ressaltou que no passado houve uma concessão para a implantação do frigorífico na cidade de Juína, entretanto, será necessária uma verificação a fim de saber qual é a real situação do terreno onde se encontra as instalações da JBS, porém, a preocupação é a perca da oferta de empregos que o frigorífico gera para o município.