ARIPUANÃ, Terça-feira, 02/06/2020 -

NOTÍCIA

Corinthians anuncia desistência da contratação do atacante Michael, do Goiás

Segundo adiantado pelo Blog do Sartori, o atacante chegou a um acordo salarial com o Flamengo e pode ser novo reforço do Rubro-Negro

Data: Quarta-feira, 08/01/2020 15:33
Fonte: FOX Sports

Corinthians deixou a disputa pela contratação do atacante Michael, do Goiás. Nesta quarta-feira (8 de janeiro), o clube paulista divulgou uma nota oficial em seu site informando que encerrou a negociação pelo atleta por ter chegado ao limite do que poderia oferecer ao clube goiano pelo reforço, afirmando que não fará nenhuma extravagância financeira que possa prejudicar a instituição.

Na última terça-feira (7 de janeiro), o comentarista dos canais FOX Sports Paulo Vinicius Coelho revelou a definição do Goiás sobre a negociação envolvendo Michael: não aceitaria menos do que 7,5 milhões de euros para negociar sua parcela de 75% nos direitos econômicos do jogador.

Ainda no decorrer da última terça-feira, o jornalista Carlos Sartori antecipou em seu blog no FOXSports.com.br que o Flamengo chegou a um acordo salarial com o staff do atacante, que receberá cerca de R$ 400 mil para ser o novo reforço rubro-negro.

Veja a nota oficial do Corinthians na íntegra:

O Sport Club Corinthians Paulista encerrou a negociação pelo atacante Michael, do Goiás.

A Diretoria de Futebol do Timão ressalta que não mediu esforços para contratar o atleta. A proposta enviada pela aquisição de 50% dos direitos do jogador foi proporcional ao valor da multa pedida pelo clube goiano.

O Corinthians chegou ao seu limite e lamenta a forma como o Goiás tratou a negociação, sem a devida reciprocidade que houve ao longo dos últimos anos, quando o Alvinegro cedeu atletas por empréstimo à equipe de Goiânia e prezou pelo respeito à instituição e bom relacionamento.

O Sport Club Corinthians Paulista não fará nenhuma extravagância financeira que possa prejudicar a administração do Clube. No entanto, terá como prioridade o fortalecimento de sua equipe de futebol para sempre buscar o mais alto desempenho esportivo, como aconteceu na última década, em que conquistou dez títulos.