ARIPUANÃ, Sexta-feira, 22/11/2019 -

NOTÍCIA

Flamengo não segura pressão depois de goleiro expulso e só empata com Goiás

Data: Sexta-feira, 01/11/2019 10:52
Fonte: do R7
Foto: Alexandre Vidal

O Flamengo pagou caro por seus próprios erros na noite de quinta-feira (31). O líder do Campeonato Brasileiro não resistiu à pressão, teve o goleiro César expulso e ficou no empate por 2 a 2 contra o Goiás, no Serra Dourada, em uma partida cheia de alternativas no segundo tempo. Gabigol e Rodrigo Caio abriram o placar, mas Rafael Moura e Michael reagiram.

 

Com o resultado, o líder Fla foi para 68 pontos, oito a mais que o segundo colocado Palmeiras. Já o Goiás alcançou os 39 pontos e terminou a partida na 10ª colocação.

Os dois gols do Goiás marcados no finalzinho da partida provocaram uma pequena crise no Flamengo. Os jogadores Willian Arão e Gabigol discutiram feio após o apito final. Jorge Jesus e sua comissão técnica tiveram de conter os atletas e engolir o gosto de derrota apesar do empate.

De início, Gabigol mostrou seu faro, e insistência de artilheiro, para arrancar o zero do placar aos 9 minutos do segundo tempo. Depois de perder um gol cara a cara com Tadeu, o atacante aproveitou o rebote do goleiro em cabeçada de Rodrigo Caio e, aos trancos, empurrou a bola para o fundo do gol. Mais um gol do Gabigol, o 20º dele no campeonato.

O gol era o que faltava para o Flamengo voltou a mostrar o seu bom futebol. Logo aos 17 minutos, Bruno Henrique desviou de cabeça e Rodrigo Caio venceu o goleiro Tadeu para ampliar o placar.

Mas o Goiás também acordou na partida. Sem desistir de uma bola sequer, o atacante Rafael Moura aproveitou cruzamento de Michael e desviou para o gol aos 31 minutos. No lance seguinte, o mesmo Michel, embalado pela sua torcida, avançou e deu trabalho para César — Diego Alves, com entorse no joelho, não jogou. Pouco tempo depois, Rafael Vaz chutou de fora da área e, por pouco, não marcou um golaço. 

No lance mais esquisito da partida, César saiu mal e acabou chutando Yago Felipe fora da área. O árbitro Ricardo Marques inicialmente deu o segundo cartão amarelo para César e consequentemente o vermelho. Após revisão no VAR, o árbitro tirou o amarelo e deu o direto o cartão vermelho para o goleiro, aos 39 minutos. O terceiro goleiro, Gabriel Batista, entrou em campo.

O time de Jesus, no entanto, já estava completamente desestabilizado. Aos 49 mintuos, Michel arrancou em velocidade e fez o gol de empate para os donos da casa. Foram quase 40 mil torcedores, com o estádio bastante dividido entre esmeraldinos e rubro-negros.

As duas equipes voltam a campo no domingo. O Goiás pega o Avaí, também no Serra Dourada; enquanto o Flamengo enfrenta o Corinthians, no Maracanã.