ARIPUANÃ, Quarta-feira, 18/09/2019 -

NOTÍCIA

Delegado de polícia fala sobre roubos que resultou na morte de criminoso em Castanheira

Data: Sexta-feira, 23/08/2019 11:45
Fonte: Juína News

Na noite de terça-feira, um crime de roubo a residência assustou os moradores de Castanheira, onde dois suspeitos roubaram duas motocicletas na cidade de Juína e foram em direção a um garimpo clandestino na cidade de Aripuanã a fim de fazer a comercialização das motos, mas primeiro passaram pelo município de Castanheira e cometeram um roubo, adentrando na casa da vítima, um homem de 46 anos, que entrou em luta corporal com um dos suspeitos que esfaqueou a mão da vítima e roubaram uma motocicleta Bros.

No boletim de ocorrências da polícia consta que o crime foi cometido por dois rapazes, e que durante o roubo a residência uma terceira pessoa entrou na casa e efetuou disparos de arma de fogo em direção a dupla sendo que um menor de idade foi baleado e encontra-se internado em um hospital na cidade de Juína, enquanto o suspeito identificado como Duílio Silva de Oliveira (idade entre 25 e 30 anos) veio a óbito na Avenida 4 de julho, ainda na cidade de Castanheira.

O delegado de polícia Romildo Nogueira da Fonseca Júnior concedeu entrevista ao portal Juína News, onde ressaltou que a polícia civil vem trabalhando nas investigações, onde já conseguiram ouvir o adolescente envolvido no roubo, sendo que o mesmo já está respondendo por ato infracional, e que os trabalhos da polícia civil também estão sendo efetuados na cidade de Castanheira onde os fatos aconteceram, a fim de se esclarecer quem foram os autores do disparo da arma de fogo que atingiu os suspeitos, que segundo o delegado, os mesmos são moradores de outras cidades, oriundos da região de Alta Floresta, onde a permanência dos mesmos na região era com fins de praticar furtos, roubos e outros delitos, principalmente de motocicleta para vender no garimpo de Aripuanã.

A motocicleta que foi roubada da vítima em Castanheira foi periciada pela perícia técnica (POLITEC), além da residência da vítima que passou por perícias internas e externas onde colheu dados para análises e elucidação de vez do crime.

O adolescente envolvido no crime prestou declaração mesmo internado, acompanhado pelo conselho tutelar, onde foi oferecido ato infracional análogo a roubo contra o mesmo ao ministério público da comarca de Juína.

Como ontem não havia nenhum médico legista somente hoje que o corpo de Duílio passou por exame de necropsia, onde os disparos atingiram o tórax e no adolescente um disparo acertou a região próxima do abdômen.

Na tarde de hoje o homem, de 46 anos, vítima de roubo e a esposa dele, serão ouvidos pela polícia civil em Juína.

As motocicletas Biz e Titan roubadas foram restituídas aos proprietários.