ARIPUANÃ, Domingo, 15/09/2019 -

NOTÍCIA

Nexa inaugura Centros de Apoio ao Migrante em Aripuanã

Dados dos migrantes serão inseridos em prontuário online que permite acompanhamento integrado entre todos os níveis de proteção.

Data: Terça-feira, 13/08/2019 22:04
Fonte: TOPNEWS com Assessoria

Desde a última quinta-feira (8), estão de portas abertas as duas unidades do Centro de Apoio ao Migrante (CAM) instaladas pela Nexa em Aripuanã. Os espaços vão oferecer orientação e atendimento ao migrante, além de servir como um canal de interlocução com a rede socioassistencial e demais políticas públicas do município, especialmente com a Secretaria Municipal de Assistência Social (Semuas).

Resultados de um Termo de Cooperação Técnica, firmado entre a empresa e a Prefeitura Municipal de Aripuanã e assinado hoje (13), os centros estão localizados em pontos de fácil acesso - um no Terminal Rodoviário e outro no Centro de Referência Especializado de Assistência Social (Creas). O apoio será desenvolvido em cooperação entre diferentes parceiros.

O consultor de Relacionamento com Comunidades da Nexa, Sérgio Oliveira, cita que é comum, especialmente na fase de implantação de empreendimentos de mineração, a atração de mão de obra de outras localidades, aumentando o fluxo de pessoas em busca de oportunidades no mercado de trabalho. No caso do Projeto Aripuanã estão sendo gerados 1.600 empregos na fase de obras e mais 750 quando entrar em operação. “A Nexa está ampliando a oferta de empregos em Aripuanã e região. Além disso, vamos articular, junto ao Poder Público Municipal, ações voltadas ao empreendedorismo que podem colaborar com o desenvolvimento local,” diz.

Os migrantes que se dirigirem ao CAM em busca das vagas de emprego serão encaminhados ao Sine Aripuanã. “Uma rede de atendimento foi criada pela Nexa junto a diversos parceiros especificamente para dar apoio ao imigrante, até mesmo para aquele que, eventualmente, necessite regressar à sua cidade natal”, acrescenta Sérgio Oliveira.

A Secretária Municipal de Assistência Social, Neide Canarinho, explica que o objetivo é minimizar eventuais riscos de vulnerabilidade social do migrante. “Essa parceria com a Nexa é de suma importância porque, além de dar esse apoio ao migrante, nós também iremos desafogar o sistema público da nossa cidade”, explica.

Sistema informatizado
Na operação dos CAMs, os dados dos migrantes serão inseridos em um prontuário online que permitirá o acompanhamento integrado entre todos os níveis de proteção disponíveis. A partir de uma base única, serão registradas as condições socioeconômicas (manutenção da sobrevivência) do migrante, seu histórico de perdas ou interrupção de relações, histórico de violação de direitos, entre outros. Nessa base, ficam registrados todos os acompanhamentos realizados, encaminhamentos feitos para a rede e as demais demandas pertinentes a cada situação.

Serviço:
Os Centros de Apoio ao Migrante (CAM) estão localizados e atendendo nos seguintes horários:

  • CAM Unidade Terminal Rodoviário: de segunda a sexta-feira, das 07:00 às 11:00h e das 13:00 às 17:00h; aos sábados das 07:00 às 11:00h
  • CAM Unidade Creas: de segunda a quinta-feira, das 07:00 às 11:00h e das 13:00 às 17:00h; sexta-feira das 07:00 às 13:00h
  • Informações também por WhatsApp:  (66) 98157-6967

Sobre o Projeto Aripuanã
A Nexa obteve, em dezembro de 2018, a Licença de Instalação (LI), concedida pela Secretaria de Estado de Meio Ambiente do Estado de Mato Grosso (Sema-MT), para o Projeto Aripuanã, que prevê investimentos de R$1,5 bilhão para a planta industrial de extração e beneficiamento de concentrados de zinco, cobre e chumbo, no município de Aripuanã - MT. O início da operação está previsto para 2021. Para saber mais, acesse: www.projetoaripuana.com.br.