ARIPUANÃ, Sábado, 20/07/2019 -

NOTÍCIA

Brasil vence a Argentina por 2 a 0 e passa para final da Copa América

Data: Quarta-feira, 03/07/2019 16:16
Fonte: CENÁRIO MT

Com gols de Gabriel Jesus, aos 18 minutos do primeiro tempo, e de Roberto Firmino, aos 25 minutos do segundo tempo, a seleção brasileira venceu a Argentina por 2 a 0 no estádio Mineirão e se classificou para a final da Copa América. Agora, a seleção espera o vencedor entre Chile e Peru (que jogam nesta quarta-feira) para conhecer o adversário na decisão.

O JOGO

Um clássico quente, pegado e com muita luta pela bola. Como era de se esperar, o duelo entre Brasil e Argentina começou em ritmo eletrizante. Disputando cada centímetro de campo, as duas seleções protagonizaram um início de jogo de marcação intensa. Apostando nos toques rápidos, a Seleção Brasileira criou os espaços para Gabriel Jesus abrir o placar aos 18 minutos. Após grande jogada individual de Daniel Alves, que se livrou de dois argentinos, Firmino recebeu aberto na direita e cruzou na medida para o camisa 9 estufar a rede, 1 a 0. A Argentina tentou responder pelo alto e, aos 29 minutos, Aguero cabeceou no travessão. Bem postado em campo, o Brasil controlou as ações, segurou as investidas dos hermanos e manteve a vantagem até o intervalo.

Em desvantagem, a Argentina se lançou ao ataque e o duelo ficou mais aberto no segundo tempo. Aproveitando os espaços cedidos, o Brasil quase ampliou a vantagem aos 10 minutos com Coutinho, que acabou finalizando por cima do gol de Armani. No minuto seguinte foi a vez dos argentinos assustarem e Messi acertou a trave de Alisson. Mortal no contra-ataque, o Brasil sacramentou a vitória aos 25 minutos em excelente jogada de Gabriel Jesus. Em velocidade, o camisa 9 se livrou de dois marcadores e retribuiu a assistência para Firmino, livre, empurrar para o gol vazio, 2 a 0. Na raça e liderado pela elegância de Daniel Alves, o Brasil não deu chances aos argentinos e carimbou a vaga na final da Copa América 2019.

BRASIL: Alisson; Dani Alves, Marquinhos (Miranda), Thiago Silva e Alex Sandro; Casemiro, Arthur e Coutinho; Everton (Willian), Gabriel Jesus (Allan) e Firmino. Técnico: Tite