ARIPUANÃ, Domingo, 15/09/2019 -

NOTÍCIA

Polícia Civil de Juína prende vulgo homem aranha com perfumes furtados em farmácia de Castanheira

Data: Segunda-feira, 10/06/2019 14:10
Fonte: Juína News
Ao realizar uma operação de combate a violência e tráfico de drogas nas proximidades do terminal rodoviário da cidade de Juína, policiais civis receberam informações sobre um suspeito que possívelmente estaria envolvido em um furto na cidade de Castanheira, onde uma farmácia havia sido o alvo da ação de furto na madrugada do dia 01 de junho.
 
Segundo narra o boletim da polícia civil, o suspeito trata-se de Cleudimar Corrêa Martins de 30 anos, vulgo "homem aranha", apelido que ganhou por escalar paredes e arrombar os tetos de vários estabelecimentos comerciais para realizar furtos, e que o mesmo costumava ficar sempre nas proximidades do terminal rodoviário.
 
Em diligências pelo local no dia em que foram comunicados, os policiais não obtiveram êxito em encontrar o suspeito, porém diante das características que a polícia dispunha da pessoa de Cleudimar, ações foram feitas na região central, onde o mesmo foi encontrado no pátio da igreja católica (Catedral) no bairro módulo 01, onde em uma abordagem os policiais Cleudimar Corrêa Martins confessou aos policiais que havia praticado o furto na farmácia no município de Castanheira, informando que os materiais furtados estariam escondidos no meio de uma mata nas proximidades da MT 170 naquele município, e disse ainda que estava esperando a “poeira baixar” para voltar na cidade de Castanheira e buscar os produtos furtados.
 
Imediatamente os policiais se deslocaram até o município de Castanheira e no local indicado pelo suspeito encontraram 54 frascos de perfumes de diferentes marcas, onde os produtos estavam escondidos em quatro pontos diferentes dentro da mata.
O proprietário do estabelecimento furtado compareceu perante os policiais e reconheceu os produtos como sendo de sua propriedade, onde os mesmos foram entregues ao dono da farmácia.
 
Diante da confissão e evidencia dos fatos, Cleudimar foi preso e encaminhado a delegacia municipal de Juína, onde ao ser checado sua ficha criminal, constatou que o suspeito já responde a outros crimes, sendo que também possui passada pelo CDP (Centro de Detenção Provisória) da cidade de Nova Mutum.
 
Na noite de ontem o conduzido Cleudiomar foi conduzido por furto qualificado pelos investigadores, todavia não foi ratificado a prisão pelo delegado, pois não estava mais em situação de fragrância, nos termos do art 302 do Cpp  devido à grande lapso temporal, todavia de imediato o delegado Marco Remuzzi representou pela prisão preventiva q foi cumprida agora à tarde. O suspeito segue preso e será encaminhado à audiência de custódia.