ARIPUANÃ, Sábado, 20/04/2019 -

NOTÍCIA

Secretário de justiça visita Juína e anuncia viatura para o Garra e providências no CDP

Data: Sexta-feira, 12/04/2019 18:54
Fonte: Juína News

Esteve visitando o município de Juína o secretário de justiça do estado de Mato Grosso, Alexandre Bustamante dos Santos, que após ação do Ministério Público Estadual, através da promotoria de justiça da cidade de Juína que representou contra o cargo do secretário, exigindo que o mesmo fosse exonerado do cargo de secretário de justiça, uma vez que o mesmo vinha deixando algumas situações pendentes principalmente no município de Juína, e em especial no Centro de Detenção Provisória (CDP), onde há um surto de hanseníase entre os detentos.

O secretário que esteve no município de Juína concedeu entrevista e falou sobre sua vinda até a cidade de Juína, ressaltando que participaria de uma audiência com o ministério público, e também com os juízes, onde fará visitas em todos os órgãos públicos ligados a Secretaria de Justiça do Estado e dessa forma ver a real necessidade de cada um.

Em relação à denúncia do promotor Marcelo Linhares que pediu o afastamento de cargo do mesmo, o secretário Alexandre disse que tudo é uma questão de se reunir e conversar, resolvendo a problemática do caso da epidemia de hanseníase no CDP de Juína, e também da questão de efetivos do mesmo com parcerias, onde o Ministério Público sempre foi parceiro da segurança, ressaltou o secretário, que afirmou ter sido notificado somente esse ano e que o promotor agiu conforme seu trabalho sendo o mesmo considerado um fiscal da lei, e que tal decisão do Ministério Público tem que ser respeitada.

O secretário de justiça e segurança pública Alexandre Bustamante dos Santos ainda ressaltou que “não se pode dá um passo maior que perna” onde deverá sentar juntamente com o juiz e promotor para juntos resolverem a situação.

Também foi abordado o assunto do fechamento da delegacia municipal da cidade de Castanheira. O secretário ressaltou que foi necessário fechar algumas delegacias, devida a falta de investigadores e estruturas adequadas, não havendo demanda necessária para manter a delegacia funcionando.

O secretário falou ainda que o papel da polícia civil é de investigar, sendo o trabalho de permanência cabível a polícia militar, e citou exemplo da polícia federal que não tem sede em todas as cidades, mas que se faz presente onde e quando necessário, e que a idéia é fortalecer os pólos com efetivos capazes de atender a demanda, e fechar as delegacias onde não existem a real necessidade das mesmas.

O secretário avaliou a parceria da SESP com os CONSEGs dos municípios que é fundamental para se conhecer a necessidade de cada município, sendo os Conselhos Municipais de Segurança os olhos e os ouvidos da justiça nas cidades do interior.

Sobre a viatura do Garra de Juína, o secretário garantiu que um novo contrato será efetivado até o final do mês de abril, onde os contratos serão renovados e receberão uma grande quantidade viaturas, inclusive destinada ao GARRA dos municípios.