ARIPUANÃ, Domingo, 19/05/2019 -

NOTÍCIA

Kelly Catlin, campeã mundial de ciclismo de pista, é encontrada morta aos 23 anos

Segundo informações preliminares, atleta teria cometido suicido. Ciclista tinha três títulos mundiais na pista e prata na Rio 2016.

Data: Segunda-feira, 11/03/2019 15:24
Fonte: Pedal/ Gustavo Figueiredo

A ciclista norte-americana Kelly Catlin de apenas 23 anos foi encontrada morta na noite da última quinta-feira por sua colega de quarto na universidade de Stanford em Palo Alto, Califórnia, onde ela cursava engenharia da informática. Segundo informações preliminares, a atleta teria cometido suicídio. 

Em sua curta e promissora carreira, a atleta havia conquistado a medalha de prata na perseguição por equipes nas Olimpíadas Rio 2016 e três medalhas de ouro no mundial da categoria em 2016, 2017 e 2018, além de uma medalha de ouro na perseguição individual. Ela também possuía algumas vitórias em provas de estrada e de moutain biking. 

E nota para a imprensa publicada no último domingo, a Federação de ciclismo dos Estados Unidos afirmou ter sofrido uma grande perda com a morte da atleta. "Nossos pensamentos e orações estão com a família de Catlin. Ela era mais do que uma atleta para nós e sempre fará parte de nossa família. Este é um momento muito dificil para a família de Catlin e por isso queremos respeitar a privacidade", afirmou Rob De Martini, presidente da entidade, em nota.

A ciclista havia fechado contrato com a equipe Rally Cycling em 2017 e pretendia voltar para o time este ano, tendo feito parte do training camp que aconteceu em Janeiro em Oxnard, Califórnia. Ela ainda não havia competido este ano, já que seu foco seria o campeonato mundial de pista em Fevereiro - ela desistiu desta competição e não viajou para a Polônia onde as provas aconteceram.