ARIPUANÃ, Quarta-feira, 12/08/2020 -

NOTÍCIA

Blairo Maggi deixou a sua marca no Turismo

Data: Sábado, 10/04/2010 00:00
Fonte:

Fonte:Oiran Gutierrez

Durante as duas gestões do governador Blairo Maggi frente ao Estado de Mato Grosso teve a sensibilidade voltada ao desenvolvimento, especialmente ao setor de turismo. Lembramos que desde a campanha para a reeleição, o trade apresentou várias reivindicações e se ele cumprisse, receberia uma “carteira de sócio” do segmento. Para a nossa satisfação, quase tudo foi cumprido. O Governo por meio de parcerias mandou restaurar patrimônios públicos, como exemplo o Cine Teatro Cuiabá, a igreja de São Benedito e outros patrimônios que refletem no turismo cultural.

Em relação a infra-estrutura, enaltecemos o lançamento de rodovias asfaltadas para melhorar o acesso aos municípios com os pontos turísticos. A ligação asfáltica entre Diamantino e São José Rio Claro, atendeu a necessidade de pousadas. O trecho entre Chapada e Campo Verde fez com que encurtasse o giro pelas cidades, do Leste, como Primavera e Barra. A rodovia entre Poconé e Porto Cercado representa uma redenção para o Sesc Pantanal e toda a região, além do trecho que segue para Barão de Melgaço, uma alegria para todos que trabalham com as baías de Chacororé e Siá Mariana

Os significativos avanços se estenderam vários projetos. A proposta de financiamento ao Banco Interamericano de Desenvolvimento, com foco no setor turístico, os investimentos de mais cem milhões previstos para Mato Grosso, são altamente benéficos. Pensando ainda na construção de identidade turística do Estado, o setor já tem a garantia da marca de Mato Grosso, a exemplo da marca do Brasil, criada pelo Governo Federal e estampada em muitos produtos.

Mas sem dúvida nenhuma, a maior conquista está relacionada ao empenho pessoal de Blairo Maggi, para que Cuiabá,fosse incluída entre as Capitais que vão sediar os jogos da Copa do Mundo em 2014. A conquista de sede da Copa foi o maior gol de placa para a população, mas sabemos que há muito o que ser feito pela frente. As obras encaminhadas vão mudar a imagem da Capital e preparar o Estado com padrão de qualidade internacional para receber o mundial.

O trade turístico agrade todas as ações implementadas dentro da nova política de turismo. Mas, como nem tudo é perfeito, lamentamos que ficou uma mácula para o governo de Blairo Maggi, pois ainda repercute de forma negativa a suspensão da nossa querida Festa Internacional do Pantanal, o evento que marcava a abertura de nossa temporada turística e era para os municípios uma verdadeira vitrine para apresentar o potencial turístico para vários países e outros estados.