ARIPUANÃ, Terça-feira, 27/10/2020 -

NOTÍCIA

o senador Jayme Campos (DEM-MT) afirmou que o estado do MT passa atualmente pela 'maior crise na área da saúde de sua história'.

Data: Sexta-feira, 19/03/2010 00:00
Fonte:

Fonte:expressomt

Ele citou dados da Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) da Saúde, que foi instalada pela Assembleia Legislativa e investiga a situação do serviço público de saúde no estado.

- A saúde de Mato Grosso, lamentavelmente, hoje vive um dos piores anos da história republicana, no que diz respeito à saúde - afirmou.
Jayme Campos registrou que o Mato Grosso é o maior produtor de soja do país, tem um rebanho bovino de mais de 25 milhões de cabeças e é um dos maiores produtores nacionais de algodão e milho. Entretanto, mesmo com essa pujança econômica, frisou o senador, a CPI da Saúde e a imprensa do estado já informaram que 120 mil pacientes esperam por atendimentos como exames, consultas e procedimentos de média e alta complexidade.
 
- Vale ressaltar que desse contingente, 63 mil pacientes aguardam apenas por uma consulta. Ou seja, padecem sem saber do que. Tombam sem ao menos saber de que mal sofrem - disse o senador.
 
De acordo com Jayme Campos, mais de cem pacientes morreram nos últimos dois anos esperando serem atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) no estado. O senador enumerou outros dados da CPI: 1.500 pessoas aguardam cirurgia ortopédica; 500 esperam operação cardíaca; 300 por cirurgia neurológica; 13 mil pacientes aguardam uma ultrassonografia; cinco mil esperam por uma simples radiografia e oito mil na fila por uma ressonância magnética.
 
- É espantoso, no entanto, que o governo estadual assista, passivamente, a esse flagelo sem esboçar nenhuma reação. Algumas providências precisam ser adotadas. Não podemos aceitar que nossa gente morra à míngua por falta de cuidados elementares - opinou Jayme Campos ao propor que os senadores e deputados federais do Mato Grosso participem de reunião especial junto com os integrantes da CPI da Saúde para que se busque solução para a saúde pública do estado.