ARIPUANÃ, Terça-feira, 27/10/2020 -

NOTÍCIA

MT Trote universitário é vetado por lei

Data: Sexta-feira, 19/03/2010 00:00
Fonte:

Fonte:gazetadigital

O trote estudantil contra calouros está proibido por lei em escolas superiores e universidades públicas e particulares de Mato Grosso. A lei proposta pelo deputado estadual Wagner Ramos (PPS) foi publicada ontem no Diário Oficial do Estado e passa a valer imediatamente.

Conforme a Lei 9.325, cabe à direção das instituições de ensino superior aplicar penalidades administrativas aos universitários que infringirem a lei. A pena pode chegar a expulsão do estudante da universidade. A competência da instituição é relacionada ao que ocorre dentro do campus e até 100 metros em torno dele.

Para o pró-reitor da Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT), Fabrício Carvalho, a lei é bastante válida, porém pouco muda na prática o que já vem sendo feito pela universidade. Ele entende que a publicação promove discussão ampla sobre o assunto, conscientizando a sociedade que o trote vai além da academia. Trata-se de violência.

Carvalho destaca que a UFMT já atuava no reforço de segurança visando o impedimento do trote, nas dependências da instituição, além de incentivar a recepção amigável aos alunos novos. Itens presentes na nova lei, que orienta ainda sobre a importância de implantar uma ouvidoria específica para receber denúncias de trote, por telefone e pessoalmente. Neste sentido, a UFMT mantém a disposição o telefone 3615-8065 para denúncias.