ARIPUANÃ, Terça-feira, 27/10/2020 -

NOTÍCIA

Aripuanã é o segundo polo madeireiro do Estado

Data: Quinta-feira, 18/03/2010 00:00
Fonte:

Fonte:tvaripuanã

A participação de Aripuanã foi de 8,9 % nas vendas de madeira do estado de Mato Grosso nos ultimos 4 anos.
As vendas de produtos da madeira efetuadas por Mato Grosso entre fevereiro de 2006 ao início do mês de fevereiro ,passado superaram a casa dos R$ 6,3 bilhões. De lá para cá o mercado interno tem mostrado maior aquecimento. Em praticamente quatro anos foram negociados mais de R$ 4 bilhões com outras unidades da federação ou mesmo com municípios mato-grossenses.
O balanço é da Secretaria Estadual de Meio Ambiente (SEMA) e mostra que o total embarcado para outros países chegou a R$ 1,4 bilhão. Dentre os municípios mato-grossenses, Sinop liderou o ranking da comercialização. Ou seja, com participação de 14,7% sobre o total dos negócios estaduais. Aripuanã (participação de 8,9%) e Juína (7%) figuraram na segunda e terceira posições, respectivamente. Alta Floresta (4,7%) foi a sexta.

De acordo com o relatório da secretaria, a maior cidade da região Norte negociou equivalente a R$ 933,4 milhões, também com mais de 70% destinados ao mercado local. Em quatro anos foram para outros países e blocos econômicos R$ 261 milhões.
Já Aripuanã vendeu R$ 568,9 milhões. Deste total, acima de US$ 340 milhões voltados ao mercado interno brasileiro e outros US$ 227,8 milhões para o internacional. Juina, terceira colocada, vendeu R$ 444,8 milhões em praticamente quatro anos. Ao contrário das demais, o mercado externo prevaleceu. Para ele foram embarcados R$ 227,2 milhões. Ao nacional, pouco mais de R$ 216 milhões.
Em Alta Floresta, as vendas foram iguais a R$ 296,7 milhões entre 2006 e 2010.