NOTÍCIAS

Ságuas Moraes desiste de disputar eleições em 2018 e PT busca alternativas para o Congresso

03/12/2017
Fonte: OLHAR DIRETO/ Érika Oliveira
 

Foto: Rogério Florentino Pereira / Olhar Direto

Ságuas Moraes desiste de disputar eleições em 2018 e PT busca alternativas para o Congresso
 
 
O deputado federal Ságuas Moraes (PT), único petista mato-grossense no Congresso Federal, desistiu de disputar cargos eletivos em 2018. A informação foi confirmada pelo presidente da sigla em Mato Grosso, deputado Valdir Barranco, que informou que o Partido dos Trabalhadores já está em busca de novos quadros para continuar ocupando uma cadeira no Parlamento.



“Nós temos um projeto no ano que vem que é de manter minimamente as duas cadeiras aqui na Casa [Assembleia Legislativa de Mato Grosso] ou ampliar. E também de construir uma candidatura para deputado federal, alternativa a do Ságuas, porque ele teve decisão – que é pessoal dele – de não concorrer mais. É uma cadeira importante para nós no Parlamento Federal”, disse Barranco.


Conforme já havia adiantado o Olhar Direto, em março deste ano Ságuas revelou o desejo de deixar a vida pública. “A minha disposição é de não ser mais candidato a nada. Já comuniquei ao partido a minha postura. Ao final do meu atual [na Câmara dos Deputados], vou completar 22 anos de mandato. É muito tempo! Entendo que preciso voltar à minha atividade profissional, que é médico pediatra”, havia mencionado.


Ságuas foi duas vezes prefeito de Juína, duas vezes deputado estadual, duas vezes deputado federal e duas vezes secretário de Estado de Educação. Em 2014, conquistou 97,8 mil votos, sendo o quarto mais votado em Mato Grosso para a Câmara Federal. Ele também exerceu vários cargos no Diretório Regional do PT, ao longo de quase 30 anos de militância. Ele é médico, formado pela Universidade Federal de Mato Grosso (UFMT).


Conforme apurou a reportagem, o primeiro nome do leque de opções para substituir Ságuas no Parlamento é o do também médico Lúdio Moares (PT). Com relação aos demais quadros, Barranco fez questão de garantir a permanência de Allan Kardec.


“Quando a pessoa é detentora de um cargo eletivo, é comum ser assediado para outros partidos, ainda mais em ano que antecede a eleição. O deputado Allan Kardec em momento algum abordou esse assunto dentro do PT. Eu não estive na convenção [do PDT], mas percebi que o Allan Kardec sequer esteve lá, até para diminuir esse assédio. Ele está firme no Partido dos Trabalhadores”, disse.


Os boatos sobre a filiação de Allan Kardec ao PDT correm desde o início do ano e na última sexta-feira (24), durante convenção do partido, Zeca Viana bateu o martelo sobre o assunto. Todavia, o próprio deputado já disse que não pretende mudar de legenda. Ex-vereador por Cuiabá, Kardec assumiu a vaga de deputado estadual após Emanuel Pinheiro (PMDB) vencer as eleições do ano passado e deixar o Parlamento para assumir a Prefeitura de Cuiabá.

Comentários:




TERMOS E CONDIÇÕES DE USO
Nome:
Email:
Endereço:
Comentário:

Facebook