NOTÍCIAS

Vitória da Conquista confirma Washington "Coração Valente" como novo treinador

Aposentado desde 2011, ex-jogador com passagens por São Paulo e Fluminense vai treinar equipe do interior baiano na Copa do Brasil e Série D

04/10/2017
Fonte: Globo Esporte

Por GloboEsporte.com, Vitória da Conquista, BA

 
Washington Coração Valente vai treinar o Vitória da Conquista (Foto: Osmar Rios/GloboEsporte.com)

Washington Coração Valente vai treinar o Vitória da Conquista (Foto: Osmar Rios/GloboEsporte.com)

 

O Vitória da Conquista já tem um treinador para a próxima temporada. Como já era esperado desde agosto, o clube do interior baiano acertou a contratação de Washington “Coração Valente”, ex-jogador com passagens por clubes como Fluminense e São Paulo. Ele se apresenta no dia 15 de dezembro, quando será iniciada a pré-temporada.

 

Washington o auxiliar Marcus Vinicius e o preparador físico Solivan Dalla Valle, que se apresentam no mesmo dia. Além do Campeonato Baiano, o Bode vai disputar a Série D e a Copa do Brasil em 2018.

 

O ex-jogador visitou o Vitória da Conquista em agosto, quando conheceu a estrutura do clube e deu inícios as conversas. O presidente do Bode, Ederlani Amorim, comemorou o acerto em entrevista publicada no site do clube.

 

- É um fato importante para a cidade, receber um profissional com a qualidade e o carisma de Washington, que se qualificou para essa nova missão. Temos certeza que será um grande ano e para isso contamos com o apoio da torcida, do empresariado, enfim, de toda a comunidade para estarmos juntos nessa temporada que se aproxima – afirmou.

 

O “Coração Valente” se aposentou em 2011. Desde então, vem se preparando para se tornar treinador. Nesse período, fez os cursos da CBF e estágios com alguns técnicos de ponta do futebol brasileiro, entre eles Abel Braga, Paulo Autuori e Tite.

 

Washington iniciou a carreira como jogador em 1993, pelo Caxias. Ele passou por clubes como Internacional, Grêmio, Atlético-PR, São Pulo e Fluminense, além de ter vestido a Amarelinha em 2001. Em 2002, aos 27 anos, quando defendia o Fernerbahçe, o atacante precisou passar por uma cirurgia cardíaca, porque uma de suas artérias estava praticamente obstruída. Apesar de ter sido aconselhado a abandonar o futebol, Washington deu continuidade à carreira e, em 2004, quebrou uma marca: fez 34 gols pelo Brasileirão, com a camisa do Atlético-PR. Desde então, o jogador comemorava seus tentos batendo a mão no peito. Em 2010, foi campeão brasileiro pelo Fluminense.

Comentários:




TERMOS E CONDIÇÕES DE USO
Nome:
Email:
Endereço:
Comentário:

Facebook