NOTÍCIAS

Aripuanã: Definidos os locais das audiências públicas para elaboração do PPA 2018-2021

08/08/2017
Fonte: Da Assessoria



 



A Prefeitura de Aripuanã, por intermédio da Secretaria de Administração, definiu os locais das audiências públicas para elaboração do Plano Plurianual (PPA), referente ao quadriênio compreendido entre os exercícios de 2018 a 2021.

 

O principal objetivo dos encontros é apresentar, debater, prestar esclarecimentos e recolher sugestões acerca das demandas em cada área temática, a serem realizados na zona rural e sede do município. A partir de então, a comunidade irá auxiliar na definição das prioridades para os próximos quatro anos.

 

O Prefeito, Jonas Rodrigues da Silva, ressaltou que as audiências são oportunidades para a população apontar, as necessidades do município. "A participação popular é necessária e deverá ser organizada de maneira a propiciar o acesso da população à discussão do orçamento do município, da forma mais ampla possível. Queremos um PPA participativo, pois ninguém conhece melhor seu município do que seu próprio povo, contamos com a participação de todos os aripuanenses”, destacou. 

 

No total, serão 06 audiências públicas, realizadas nos dias:

  • 08/08/17 – Escola Municipal José Alencar (Comunidade Lontra às 19h00);
  • 09/08/17 – Salão da Igreja Católica (Conselvan às 19h00);
  • 10/08/17 – Escola Municipal Deoclides de Macedo (Milagrosa às 19h00);
  • 11/08/17 – Igreja Católica Nossa Senhora do Guadalupe (Morena às 19h00);
  • 12/08/17 – Câmara Municipal de Aripuanã (Sede);
  • 12/08/17 – Centro Viva (Sede).

 

O PPA – Plano Plurianual é um instrumento de planejamento e uma obrigação constitucional que a união, os Estados e os municípios têm que cumprir no primeiro ano de governo, com validade até o primeiro ano do próximo governo.

 

O planejamento das ações para os próximos anos contempla, no médio prazo, a definição das estratégias, a configuração das estruturas e processos de trabalho e o dimensionamento de recursos em bases direcionadas para os resultados, refletindo todo o programa de governo.

 

O Plano entra em vigor a partir de 2018 e tem validade de quatro anos.

Comentários:


  Nome: Eleitor         Email: eleitor@.com

Comentário: Verdade observador

  Nome: Observador         Email: observador@hotmail.com

Comentário: A população precisa participar, depois nao adianta reclamar que não sabia de nada, que não foram consultados e coisa e tal...



TERMOS E CONDIÇÕES DE USO
Nome:
Email:
Endereço:
Comentário:

Facebook