NOTÍCIAS

Favorito, Cristiano tenta "colar" em Messi como Melhor do Mundo

09/01/2017
Fonte: Gazeta Esportiva

 

Em mais um capítulo da competição que hegemoniza o futebol mundial na última década, Cristiano Ronaldo e Lionel Messi voltam a disputar nesta segunda-feira, a partir das 15h30 (de Brasília), o prêmio de melhor jogador do mundo da Fifa. Dois troféus atrás do argentino, o português tenta encostar no duelo particular após um grande ano - talvez o maior da sua carreira em termos de conquistas.

 

Cristiano Ronaldo é quem viveu o 2016 mais vitorioso entre os finalistas, e portanto, desponta com total favoritismo para vencer o prêmio . O português levou o título inédito da Eurocopa com Portugal e ainda ajudou o Real Madrid na conquista do 11º título da badalada Liga dos Campeões.

Messi, atual vencedor e recordista do prêmio com cinco conquistas, tentará vencer pela quinta vez em disputa que promete ser acirrada com seu costumeiro rival. O argentino venceu o último Campeonato Espanhol com o Barcelona e foi finalista da Copa América Centenário, em que a Argentina foi superada pelo Chile na decisão.

 

Já o francês Antoine Griezmann, terceiro concorrente e coadjuvante na competição, poderia ter dois grandes trunfos a apresentar para os jurados, mas acabou ficando com o vice-campeonato tanto na Liga dos Campeões quanto na Euro, ocasiões em que era a principal estrela do Atlético de Madrid e da França, respectivamente. No clube, por sinal, a derrota veio com requintes cruéis, já que ele errou um pênalti com a bola rolando, que poderia dar a vitória aos colchoneros ainda no tempo normal. Após o 1 a 1, o Real levou a melhor nos pênaltis.

 

Marlone tenta tri brasileiro no Puskas

O Brasil terá um representante na final do Prêmio Puskas, dado pela Fifa anualmente ao gol mais bonito que foi marcado no último ano no futebol mundial. Marlone, do Corinthians, está entre os três candidatos que serão finalistas ao prêmio. O vencedor será anunciado no dia 9 de janeiro, em Zurique, em cerimônia em que órgão máximo do futebol irá definir todos os ganhadores de melhores do ano nas mais diversas categorias.

 

Antes dele, Neymar venceu a disputa em 2011, com o antológico gol marcado contra o Flamengo quando atuava no Santos, e Wendell Lira é o atual detentor do prêmio, por gol de voleio feito no Campeonato Goiano, jogando pelo Goianésia. O jogador do Timão concorre pelo belo gol de voleio marcado diante do Cobresal, em abril, em confronto pela Libertadores deste ano, na Arena Corinthians, em Itaquera. Na ocasião, o alvinegro goleou a equipe adversária por 6 a 0.

 

Seus rivais serão a venezuelana Daniuska Rodriguez, que marcou contra a Colômbia pelo Sul-Americano sub-17 feminino é uma das finalistas e única mulher representando um dos candidatos a levar a premiação. Já Mohd Faiz Subri chega como o primeiro indicado da história da Malásia para a final do Prêmio Puskas. O atleta do Penang está competindo devido a um gol marcado diante do Pahang, em bela cobrança de falta.

 

Marta quer voltar a reinar

Melhor jogadora do futebol brasileiro de todos os tempos, Marta brigará pelo seu sexto prêmio da Fifa de melhor jogadora do mundo. A camisa 10 da Seleção Feminina está na relação das três finalistas que disputarão quem será a melhor atleta do planeta em 2016. A vencedora será anunciada no dia 9 de janeiro pela própria entidade, em uma cerimônia em Zurique, na Suíça.

 

Concorrendo com Marta estão a estadunidense Carli Loyd, a atual detentora do prêmio, e a alemã Melanie Behringer, que levou a medalha de ouro com sua equipe nos Jogos Olímpicos do Rio de Janeiro neste ano.

 

Após ter ficado de fora da relação final de 2015, Marta volta a ser finalista do prêmio pela 12ª vez em um espaço de 13 anos. A brasileira liderou a seleção anfitriã do Rio 2016 ao quarto lugar do torneio.

 

Recordista do prêmio, tem em seu currículo nada menos do que cinco títulos, que conquistou entre os anos de 2006 e 2010. Terminou na segunda colocação nos anos de 2005, 2011, 2012 e 2014, e no terceiro lugar em 2004 e 2013.

 

Outras premiações

Também serão eleitos na tarde/noite suíça os 11 melhores jogadores da temporada, o melhor técnico do ano, láurea que está entre Fernando Santos (Portugal), Zinedine Zidane (Real Madrid) e Claudio Ranieri (Leicester City), o prêmio de Fair Play, para a equipe que praticou o jogo justo na avaliação da entidade, e o de melhor torcida (concorrem os torcedores do ADO Den Haag, Borussia Dortmund, Liverpool e da seleção da Islândia).

 

 
Gazeta Esportiva

 

Comentários:




TERMOS E CONDIÇÕES DE USO
Nome:
Email:
Endereço:
Comentário:

Facebook