ARIPUANÃ, Terça-feira, 19/03/2019 -

NOTÍCIA

Em discurso de posse, Bolsonaro diz que desejar iniciar um novo capítulo na história do país

Data: Quarta-feira, 02/01/2019 10:57
Fonte: Vinicius Mendes/Olhar Direto
Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

Eleito em outubro de 2018 com mais de 57 milhões de votos, Jair Bolsonaro toma posse como presidente da República neste dia 1º de janeiro. A cerimônia começou no início desta tarde, com atos no Congresso Nacional, às 15h (horário de Brasília), e depois ele segue para o Palácio do Planalto e para o Itamaraty.

Bolsonaro chegou ao Congresso Nacional para a sessão solene de posse pouco antes das 15h. Logo na chegada, Bolsonaro foi recebido pelos presidentes da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado Federal, Eunício Oliveira (MDB-CE), pela procuradora-geral da República, Raquel Dodge, e pelo presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), ministro Dias Toffoli.

Às 15h10, o presidente do Congresso Nacional, Eunício Oliveira, declarou Jair Bolsonaro e Hamilton Mourão empossados como presidente e vice-presidente da República, respectivamente, para o período de 1º de janeiro de 2019 a 31 de dezembro de 2022.

Em seu primeiro discurso como presidente da República, Bolsonaro, em cerca de dez minutos, anunciou, sem detalhar, que fará reformas estruturantes e criará um circulo virtuoso de confiança na economia. Ele pediu o apoio do povo unido e do Congresso para reconstruir o país. Segundo ele, os "enormes desafios" poderão ser superados com a "sabedoria de ouvir a voz do povo." Ele disse ainda que espera "construir um novo capítulo na história do país, livre das amarras ideológicas".

Já na transição, Bolsonaro definiu 22 ministérios, número inferior aos 29 do governo anterior. Os novos ministros serão nomeados hoje (1º) em cerimônia no Palácio do Planalto. A cerimônia ainda está em andamento. Acompanhe ao vivo pelo site da Agência Brasil.

Com informações da Agência Brasil.