ARIPUANÃ, Sexta-feira, 20/07/2018 -

NOTÍCIA

Audiência para tratar da integração de rodovias entre Alta Floresta e Guarantã do Norte será nesta 6ª

Data: Quarta-feira, 11/07/2018 20:43
Fonte: Só Notícias/Cleber Romero (foto: assessoria/arquivo)

A audiência para debater a integração das rodovias estaduais MT-419, 389, 320 e 208 entre Guarantã do Norte, Novo Mundo, Carlinda até Alta Floresta será nesta sexta-feira, às 19h, no auditório da OAB em Alta Floresta. O empresário e um dos organizadores Marcelo de Castro disse, ao Só Notícias, que o objetivo é criar um novo corredor logístico para facilitar o escoamento de grãos e produtos até o porto de Miritituba, no Pará.  O ‘corredor de ligação’ passaria por Alta Floresta na MT-230, ligando Novo Mundo pela MT-419 até chegar em Guarantã, na BR-163.

“A região noroeste é muito produtiva e depende do escoamento para chegar até o porto de Miritituba (Pará) também. Estamos nos balizando para cobrar a pavimentação de Aripuanã até chegar em Guarantã do Norte, na BR-163. Nosso maior gargalo desse projeto é a ponte do rio Juruena que é muito extensa. O objetivo é cobrar o asfaltamento no trecho de Guarantã até Alta Floresta passando pela comunidade 5 Mil”, explicou.

De acordo com o empresário, a conclusão da pavimentação das rodovias proporcionará desenvolvimento também no setor de mineração. “Estamos apostando muito que essa ligação entre as regiões é o crescimento da mineração do calcário, por exemplo. São fortes na produção, mas estão comprometidas pela falta de logística. Atualmente, o transporte é feio por Campo Novo dos Parecis até Cuiabá e segue ao porto de Santos (SP). Com o novo eixo de escoamento, seguiria para o porto de Miritituba (PA). Melhoraria muito a questão do preço da saca de soja e na valor da arroba do boi. Começam a ter uma distância menor para chegar ao mercado europeu.  Além disso, teríamos menos carretas rodando. O social da região do ‘fundão’ teria desenvolvimento e reduz muito também o valor do frete”, explicou.

A comitiva denomida ‘Estradeiro Noroeste’ será formada por empresários e representantes de entidades. Eles vão sair às 10h de Gurantã e passar pelas quatro rodovias citadas na sexta-feira.