ARIPUANÃ, Terça-feira, 25/09/2018 -

NOTÍCIA

'Segundo Sol' estreia com gafe e bronca histórica na Globo

Data: Terça-feira, 15/05/2018 15:42
Fonte: R7 Notícias

"Segundo Sol", nova novela das 21h da Globo, estreou em alta, com foco na trama principal, elenco afinado e uma gafe histórica.

Em umas das cenas em que o protagonista Beto Falcão (Emílio Dantas) aparece em um barco com o jovem filho de Luzia (Giovanna Antonelli), é possível ver o corpo de um homem deitado no fundo da embarcação. Beto e o menino estavam pescando sozinhos nas águas de Boiporã, e aquele homem não deveria estar ali.

Tratava-se ou de alguém da produção ou algum figurante que daria sequência na cena. O fato é que os internautas não perdoaram o vazamento da imagem, ainda mais no primeiro capítulo.

"Gente, tem um corpo no barco, é isso?", perguntou um internauta no Twitter.

"O que esse homem tá fazendo ali deitado?", indagou outro.

É claro que a direção viu o vazamento do corpo na imagem, mas já não era possível mais cortá-la e refazê-la. Tratava-se de uma cena importante, gravada em externas. Os envolvidos levaram uma bronca histórica.

Outro escorregão envolve tecnologia. Como é que o celular do protagonista tinha sinal perfeito em 1999 lá em uma ilhazinha isolada da Bahia, sem TV, quase sem energia elétrica? Pois Beto Falcão deve ter mesmo a melhor das operadoras de telefonia, não? Será um inovador aparelho de celular movido a energia solar?

A trama de João Emanuel Carneiro estrou com boa audiência. Registrou em seu primeiro capítulo prévia de 34 pontos no horário. Ficou acima de outras novelas da faixa como "A Força do Querer", 33, "A Lei do Amor", 31. No entanto, não venceu a estreia da antecessora, "O Outro Lado do Paraíso", que estrou com 35 pontos.

Focada na história de Beto Falcão, "Segundo Sol" veio recheada de boas imagens e boas surpresas, como a sintonia fina da dupla de picaretas formada por Deborah Secco e Vladimir Brichta.

Com uma boa garimpada em seu sotaque carioca, Deborah, por sinal, está ótima no papel Karola e tem tudo para roubar a novela para ela. A mocinha de Giovanna Antonelli que se cuide.

Remy, de Brichta, está sensacional. Sem escrúpulos, o vilão atrapalhado já nos fez rir no primeiro capítulo.

A pequena participação de Adriana Esteves também já deu um gostinho do que vem por aí com a sua vilã Laureta.

Em uma novela focada na baianidade, sobraram boas versões de axés famosos. Só estou na dúvida se gostei ou não da versão em inglês de "Swing da Cor", da Daniella Mercury.